MNP

Notícias

03/10/2017
Fonte: Globo Rural

Crédito rural: Plano ABC aumenta 224,9% em valores contratados

Em julho-agosto foram firmados 227 contratos, ante 16 em igual período de 2016

O número de contratos de crédito dentro do Plano ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) cresceu 1.318% no bimestre julho-agosto, em comparação com igual período de 2016, informou em nota o Ministério da Agricultura. Em termos de valores, o avanço no período foi de 224,9%. Em julho-agosto foram firmados 227 contratos, ante 16 em igual período de 2016, operações que somaram R$ 146,5 milhões, ante R$ 45 milhões em julho-agosto do ano passado. Já a área coberta passou de 3.836 hectares para 56.093 hectares.

A redução dos juros do Plano Safra 2017/18 é apontada como o principal motivo do incremento, explica o coordenador do Plano ABC no ministério, Elvison Ramos. "A expansão foi surpreendente e muito acima das expectativas", disse. Entre as unidades da federação, São Paulo teve o melhor desempenho em julho-agosto, com crescimento de 5.500% em números de contratos e mais de 500 mil vezes em expansão da área. Tocantins lidera em valores, com aumento de 43.500%.

              
Outras notícias
20/10/2017 - CAMPO GRANDE RECEBE 6ª ENCONTRO DE GESTORES DO AGRONEGÓCIO
20/10/2017 - CMN autoriza ajustes no Manual de Crédito Rural
20/10/2017 - Leite: Agricultura enviará missão ao Uruguai na segunda-feira
20/10/2017 - Brasil sedia reunião internacional sobre EPI na agricultura
19/10/2017 - Famasul pede redução de alíquota de ICMS para saída de gado vivo do MS
19/10/2017 - Valor da produção agropecuária em 2017 é de R$ 535,42 bilhões
19/10/2017 - Famasul se reúne com Assembleia Legislativa para discutir os impactos da paralisação do JBS
18/10/2017 - JBS CANCELA ESCALAS POR TEMPO INDETERMINADO EM MS
18/10/2017 - Agronegócio e o saldo comercial em setembro
18/10/2017 - Presidente do Sistema Famasul solicita apoio ao BB produtores de MS
Mais Notícias
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br