MNP

Notícias

08/06/2018
Fonte: Globo Rural

CNA protocola ofício a Temer pedindo suspensão de tabela de frete

Na justificativa, a entidade cita a alta de 51% a 152% no valor do transporte do setor após a publicação da tabela

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) protocolou nesta quinta-feira, 7, ofício ao presidente da República, Michel Temer, no qual pede a suspensão da tabela de preços mínimos de fretes rodoviários.

Na justificativa, a entidade cita a alta de 51% a 152% no valor do transporte do setor após a publicação da tabela, no último dia 30, para encerrar a paralisação de caminhoneiros no País.

Entre os dados já divulgados pela entidade, a CNA cita no ofício o transporte de soja com caminhão de Sorriso (MT) até o Porto de Santos (SP), uma distância de 2.064 quilômetros.

O valor no trecho aumentou de R$ 290 por tonelada para R$ 437,55 por tonelada, ou 51%, com a aplicação na tabela. Esse valor inclui o frete de retorno, ou seja, com o caminhão voltando com outra carga do porto para o interior do País. Caso o caminhão volte vazio, a alta é de 120%, segundo a CNA, com o frete em R$ 748 a tonelada.

"Ressalte-se que os dispositivos que regulam a tabela não consideram a interação entre todos os atores que compõem o sistema de transporte rodoviário. Os usuários dos transportes rodoviários de carga não foram consultados no processo de elaboração da referida tabela", informa a CNA. "Além do aumento excessivo do frete, os usuários também estão sujeitos a indenizar, em dobro, os transportadores pelo não cumprimento da tabela e a pagar os custos de retorno do caminhão ao ponto de origem, caso esteja vazio", completa.

No documento, assinado pelo presidente da CNA, João Martins, a entidade informa estar à disposição "para discutir o tema e auxiliar na busca de soluções que aperfeiçoem a logística brasileira, garantindo a remuneração adequada aos prestadores de transporte rodoviário de carga, sem onerar o produtor e a sociedade brasileira", conclui.

              
Outras notícias
22/06/2018 - Plano ABC precisa ser mais competitivo para o produtor, defende CNA
22/06/2018 - Sistema Famasul e Sejusp firmam parceria em ações de prevenção a incêndios
22/06/2018 - Venda direta de etanol nos postos não vai reduzir preços na bomba, diz Plural
21/06/2018 - Preço do leite em MS deve subir 7,7% em junho
21/06/2018 - Câmara aprova marco regulatório do transporte de cargas e texto segue para Senado
21/06/2018 - Diário Oficial traz preços mínimos reajustados para a safra 2018/2019
20/06/2018 - Aprosoja/MS realiza lançamento estadual da colheita do milho safrinha 17/18
20/06/2018 - Senado aprova projeto de venda direta de etanol para postos
19/06/2018 - Valor da produção agropecuária recua 2,3% para R$ 552 bi
18/06/2018 - Câmara aprova criação do Dia Nacional do Rodeio
Mais Notícias
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br