MNP

Notícias

11/06/2018
Fonte: Globo Rural

Nova geração de agricultor busca tecnologia e economia

Fabricantes de maquinário que participaram da feira Bahia Farm Show vêem mudança no perfil do consumidor

Duas características se destacaram no perfil do visitante da feira Bahia Farm Show deste ano, realizada de 5 a 9 de junho no município Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. Segundo expositores, o produtor agrícola se mostra nitidamente interessado em otimizar a relação custo-benefício dos equipamentos que pretende adquirir, assim como revela maior atenção ao aporte tecnológico dos produtos.

 

“A tecnologia é o alvo de maior interesse. As máquinas já não têm mais para onde crescer (em porte), então o consumidor está preocupado com economia, em ter uma melhor performance gastando menos”, afirma o gerente de vendas da fabricante John Deere Wanderley Truffa Júnior. Consumo de combustível, velocidade e assertividade, tanto no plantio quanto nos tratos culturais e na colheita, aproveitando o melhor período para semeadura, estão entre os principais itens de atenção do produtor na hora de escolher tratores, plantadeiras e demais equipamentos, segundo ele.

“O pessoal está atrás de relação custo-benefício. Olham para o nível de consumo da máquina, das peças, de combustíveis”, diz o diretor local da fabricante Casei, João Antonio Franciosi. O diferencial oferecido no quesito tecnológico, segundo ele, tem feito a marca obter vendas maiores este ano, com cerca de 20% clientes novos em relação ao ano passado.

 

Vemos que há muitos filhos sucedendo os pais à frente dos negócios. São pessoas mais instruídas, que já trazem de berço a sensibilidade ao diferencial da tecnologia"
DIEGO LOPESM SUPERVISOR COMERCIAL

Enfatizando o aporte tecnológico de seus produtos – plantadeiras, graneleiras e distribuidoras – a marca Stara tem percebido a mudança de comportamento dos clientes, cuja principal preocupação era preço e que agora revelam outro foco de atenção. “Vemos que há muitos filhos sucedendo os pais à frente dos negócios. São pessoas mais instruídas, que já trazem de berço a sensibilidade ao diferencial da tecnologia”, observa o supervisor comercial Diego Lopes. “O cliente chega alegando preço menor de outra marca, mas tem uma mentalidade que aceita melhor a argumentação sobre os benefícios tecnológicos,” diz.

“Produtor nesta região (oeste da Bahia) é sempre muito apto a novas tecnologias, por isso levamos para a exposição o que temos de mais avançado em colheitadeiras, plantadeiras e tecnologia de agricultura de precisão, como o acompanhamento em tempo real da máquina e o monitoramento da lavoura com drones”, destaca o diretor da New Holland Fabio Queiroz Martins.

 

Tecnologia tem sido o principal apelo também da Saturno, que tem na balança de precisão seu carro-chefe. “Ela oferece pesagem automática sem intervenção humana e seu preço varia de R$120 mil a R$ 200 mil, conforme a configuração de periféricos opcionais”, destaca o gerente comercial Daniel Jung.

 

*A jornalista viajou a convite da Associação dos Produtores e Irrigantes da Bahia

              
Outras notícias
22/06/2018 - Plano ABC precisa ser mais competitivo para o produtor, defende CNA
22/06/2018 - Sistema Famasul e Sejusp firmam parceria em ações de prevenção a incêndios
22/06/2018 - Venda direta de etanol nos postos não vai reduzir preços na bomba, diz Plural
21/06/2018 - Preço do leite em MS deve subir 7,7% em junho
21/06/2018 - Câmara aprova marco regulatório do transporte de cargas e texto segue para Senado
21/06/2018 - Diário Oficial traz preços mínimos reajustados para a safra 2018/2019
20/06/2018 - Aprosoja/MS realiza lançamento estadual da colheita do milho safrinha 17/18
20/06/2018 - Senado aprova projeto de venda direta de etanol para postos
19/06/2018 - Valor da produção agropecuária recua 2,3% para R$ 552 bi
18/06/2018 - Câmara aprova criação do Dia Nacional do Rodeio
Mais Notícias
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br