MNP

Artigos

03/11/2014
Fonte: IRGA

Área plantada de arroz já passa de 50% no Rio Grande do Sul

Os produtores de arroz aproveitaram a janela com clima favorável para semear suas lavouras. Ao longo desta semana, a área plantada chegou a 51,08% o equivalente a 570.064 hectares de um total estimado de 1.115.958 hectares. Com o clima favorável, os produtores conseguiram evoluir dos 21,54% para mais da metade da área pretendida e se aproximando mais da área semeada no ano passado neste mesmo período, que foi de 60,3% nesta mesma data.

 

A região em que os trabalhos estão mais adiantados é a Fronteira Oeste com 63,09% da área pretendida, o equivalente a 207.210 hectares. Em seguida, vem a Zona Sul com 60,44% ou 111.234 hectares cultivados. A Planície Costeira Interna cultivou até agora 69.235 hectares o equivalente a 47,13% da área pretendida.

 

A Campanha tem 71.480 hectares o equivalente a 43,34% da área pretendida; a Planície Costeira Externa tem 54.915 hectares plantados ou 38,97% e a Depressão Central, 55.990 hectares ou 37,15%.

 

A expectativa é de que ao longo do mês de novembro, que deve se apresentar mais favorável em relação ao clima, os produtores consigam ter uma evolução maior em relação ao ano passado, quando se conseguiu plantar apenas 26,9% da área.

 

 

              
Outras notícias
16/08/2017 - Imposto Territorial Rural 2017: muda o ano, permanecem os problemas
16/08/2017 - Imposto Territorial Rural 2017: muda o ano, permanecem os problemas
04/08/2017 - Seu patrimônio rural está aumentando e evoluindo?
28/07/2017 - Mercado do boi com indícios de sustentação nos preços
28/07/2017 - Boi como renda fixa?
12/07/2017 - Um tsunami de ideias negativas vai atrapalhar seu negócio. Fique fora dessa
11/07/2017 - Agropecuária brasileira é do tamanho do Brasil
06/07/2017 - Agronegócio: criatividade e superação
09/06/2017 - Carta Boi - Os desafios de 2017 na pecuária
09/06/2017 - Milho hidropônico na alimentação do gado
Mais Artigos
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br