MNP

Artigos MNP Jovem

01/07/2015
Fonte: MNP JOVEM

Respeito: O princípio de tudo.

O artigo dessa semana é de responsabilidade da acadêmica de Medicina Veterinária da Universidade Federal de uberlancia, Laura Beatriz Carneiro Rezende.

 
Sou uma sonhadora incansável, e estive pensando que um dos meus grandes sonhos é viver em um mundo melhor, mais digno e mais humano.
 Nas últimas semanas tenho visto algumas reportagens, fatos, textos, histórias e até imagens que me instigaram muito. Primeiramente queria me posicionar quanto ao ódio presente no Brasil, seja este contra homossexuais, religiosos ou qualquer outra parcela da população que seja discriminada por algum fator considerado diferente ou inaceitável pelo restante da sociedade. 
 Acredito que todos somos iguais, todos temos o Direito de sermos respeitados independente da maneira que decidimos conduzir nossas vidas. E acredito também que este seja o princípio de tudo. O respeito. Se cada ser humano tivesse consigo este princípio tudo seria mais fácil. Cada um segue sua vida - da maneira que desejar - e respeita o modo com que o outro optou por seguir a dele também, ambos se respeitam e convivem em paz. 
Mas hoje o que vejo é a intolerância, de ambos os lados. No quesito religioso, por exemplo, notei que apesar de todas as religiões exigirem respeito, poucas respeitam de fato o posicionamento do outro, seja este por seguir uma religião contrária ou até mesmo por não seguir nenhuma religião. E isso acontece em todos os casos de preconceito, em ambos os lados. Mas aí lhe pergunto: se exigimos isso, porque na prática aplicamos outra coisa?
 Na minha opnião, todos nós devemos nos posicionar sim aos fatos que acontecem na sociedade, e que muitas das vezes nos causa indignação e revolta, mas isso não nos dá o direito de desrespeitar o próximo ou tentar impor nossa opnião sobre a dele utilizando da ignorância. Até porque uma das maiores demonstrações de grandeza do ser humano consiste em respeitar o outro e saber se posicionar de forma com que não interfira nos direitos do mesmo. 
 Cada dia que passa tenho mais consciência de que devemos disseminar o bem e o que temos de melhor. Aprendo um pouco mais. E entendo melhor o sentido da frase: Voce colhe o que planta. A sociedade só está da forma que está porque a plantamos assim. E se queremos mudar o que estamos colhendo, devemos mudar também o que estamos plantando. Vamos plantar mais respeito e amor. E assim colheremos uma sociedade mais humana e com mais dignidade e respeito. Devagar, aos poucos, todo dia e sempre.
 
              
Outras notícias
11/01/2017 - A importância da tecnologia para o Agronegócio
31/10/2016 - Os Vaqueiros Templários
15/10/2015 - A escassez da Mão de Obra gerando mudanças
28/07/2015 - MNP Jovem, desbravando fronteiras
12/07/2015 - Liderança um ato de doação e crescimento
05/07/2015 - MNP Jovem inicia organização do II Encontro Jovens da Agropecuária
25/06/2015 - Cuide do seu maior ativo, o corpo e a mente
17/06/2015 - Reclamar ou se omitir?
10/06/2015 - Não devemos carregar conosco as crenças limitantes
03/06/2015 - Objetivos certeiros, trajetória brilhante
Mais Artigos MNP Jovem
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br