MNP

Notícias

18/05/2017
Fonte: Famasul

Sistema Famasul apresenta programas e ações de fomento ao Agro em MS

Palestra foi realizada na UFMS, para estudantes do curso de Doutorado em Administração

 

Com objetivo de apresentar as principais ações e projetos desenvolvidos pelo Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, a gestora do departamento de Economia, Adriana Mascarenhas participou nesta quarta-feira (17), do seminário promovido pela coordenação de Doutorado em Administração, da UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

A economista traçou um panorama da economia agropecuária regional, apontando a participação do setor produtivo na composição do PIB – Produto Interno Bruto regional e nacional, além da performance sul-mato-grossense nas exportações brasileiras. “O atual patamar do agronegócio demonstra organização, visto que a pecuária foi responsável por 31,9% da receita nacional e a agricultura 68%. Além disso, o segmento com maior destaque na geração de empregos em 2016 foi o agropecuário, com saldo positivo de 1,8 mil empregos”, detalha.

De acordo com a coordenadora do programa de Doutorado da UFMS, Rosamaria Cox Padgett, o convite feito à Famasul, bem como Embrapa Gado de Corte e Semagro -  Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar teve o objetivo de aproximar os alunos do setor produtivo nas esferas produtivas, de pesquisa e gestão pública. “As apresentações das instituições convidadas oferecerão subsídios para que nossos estudantes possam identificar oportunidades de interfaces entre as instituições e a linha de pesquisa em agronegócio”, observa.

Projetos institucionais – Adriana pontuou os programas do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural que atuam no viés de gestão, como o NCR – Negócio Certo Rural, Campo Futuro, Empreendedor Rural e a metodologia de ATeG – Assistência Técnica e Gerencial, nas vertentes de pecuária de corte, leite, hortifruticultura, piscicultura e florestas plantadas. “Todos estes programas tem a finalidade de promover o desenvolvimento profissional e pessoal do produtor rural. No caso, da assistência técnica, o diferencial do Senar/MS é oferecer um trabalho diferenciado na gestão das propriedades, demonstrando aos produtores rurais a necessidade de enxergar sua atividade como um negócio”, reforça.

Na sequência, o pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Guilherme Malafaia, apresentou as principais pesquisas sobre a cadeia produtiva da carne e o secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna, destacou as ações promovidas pela pasta, no sentido de fomentar o desenvolvimento da atividade agropecuária no Estado.

A economista destacou ainda as ações sociais da instituição, entre elas: o programa Agrinho, programa da saúde do Homem e da Mulher e o Projeto Pingo D’Água. Sobre a Aprosoja/MS, foram apresentados o Siga/MS – Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio, projeto Soja Plus, Circuito Aprosoja, Jornada Técnica e o mais novo projeto do departamento econômico, o MEA/MS - Mapeamento da Economia Agrícola de MS, que tem o objetivo de mapear os custos dos sistemas de produção e analisar a viabilidade econômica (rentabilidade) dos sistemas produtivos predominantes da soja e do milho nos principais municípios produtores e nas áreas de expansão no Estado.

 

              
Outras notícias
19/05/2017 - Demanda interna mais fraca pressiona preços do frango
19/05/2017 - Quatro estados concentram quase 70% da produção de grãos do país
19/05/2017 - Mercado sob bombardeio
18/05/2017 - CPI da Funai pede indiciamento de indígenas e antropólogos
18/05/2017 - Brasil deve ser reconhecido como área livre de pleuropneumonia bovina
18/05/2017 - Voltamos à crise política quando vencíamos a econômica, diz Maggi
18/05/2017 - Expoagro 2017: Comissão Famasul Jovem reúne mais de 500 pessoas em Dourados
16/05/2017 - COM A INSTALAÇÃO DE 554 HECTARES DE TANQUES-REDE, MS DEVE SE TORNAR UM DOS LÍDERES EM PISCICULTURA
16/05/2017 - Aftosa: comitê prepara retirada da vacinação
16/05/2017 - A combinação de desvalorização do milho, da cotação do boi magro em queda e do custo da diária
Mais Notícias
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br