MNP

Notícias

13/04/2018
Fonte: globo rural

Milho e farelo de soja levam à movimentação recorde no Porto de Paranaguá

O porto atingiu a melhor marca da sua história para um primeiro trimestre do ano, com 12,73 milhões de toneladas importadas e exportadas

Porto de Paranaguá movimentou em março 4,93 milhões de toneladas, recorde para o mês. Segundo nota publicada no site do governo do Estado, o desempenho foi puxado por milho, farelo de soja e cargas gerais. "O campo continuou produzindo muito bem e, com a queda na safra americana de milho, os grãos brasileiros vão ganhar espaço nas exportações mundiais deste ano", disse o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Lourenço Fregonese.

O porto também atingiu a melhor marca da sua história para um primeiro trimestre do ano, com 12,73 milhões de toneladas importadas e exportadas de janeiro a março. Ainda conforme a Appa, nos primeiros três meses do ano 677 mil toneladas de milho foram exportadas, ante 379 mil t de igual período do ano passado. Em farelo de soja foram 1,48 milhão de toneladas (+52% ante 2017), sendo 463 mil toneladas em março.

No trimestre, também cresceu a exportação de óleos vegetais (316 mil toneladas e 85% de alta), derivados de petróleo (1,25 milhão de toneladas e 38% de crescimento) e movimentação de cargas gerais (2,48 milhões movimentadas e 12% de aumento).

              
Outras notícias
26/04/2018 - JBS Carnes diz que exportação de industrializados no 1º trimestre bate recorde
26/04/2018 - Receita publica nova instrução sobre Refis do Funrural
26/04/2018 - Quebra da safra argentina impulsiona exportação sul-mato-grossense de farelo de soja
25/04/2018 - Plataforma GRATUITA para acompanhamento de Propriedades
25/04/2018 - Agrinho MS: Sistema Famasul e Governo de MS assinam convênio de parceria
25/04/2018 - Veterinários irão à Venezuela em maio para auxiliar no combate à aftosa
25/04/2018 - Preço pago ao produtor de leite no RS deve subir 2,2% em abril
24/04/2018 - Projetos sustentáveis reduzem desmatamento na Amazônia
24/04/2018 - Agrinho 2018: Conheça melhor os assuntos que devem ser trabalhados no programa este ano em MS
24/04/2018 - Embrapa apresenta documento com a visão de futuro para a agricultura brasileira
Mais Notícias
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br