MNP

Notícias

11/05/2018
Fonte:

IBGE: produção de café em 2018 deve alcançar 55,3 mi de sacas

O clima mais chuvoso tem favorecido as lavouras nos principais Estados produtores

produção brasileira de café em 2018 deve atingir 3,3 milhões de toneladas (55,3 milhões de sacas de 60 kg), segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de abril, divulgado nesta quinta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado representa um aumento de 4,4% em relação à estimativa de março, enquanto o rendimento médio cresceu 4,7% no período.

Conforme o IBGE, o clima mais chuvoso tem favorecido as lavouras nos principais Estados produtores. A estimativa da produção do café arábica (2,5 milhões de toneladas, ou 42,1 milhões de sacas) aumentou 3,4%, reflexo do rendimento médio, que cresceu na mesma proporção. São Paulo atualizou dados, estimando uma produção de 358,9 mil toneladas (6,0 milhões de sacas), aumento de 32,1%, acompanhando o rendimento médio (alta de 31,3%).

Na Bahia, a estimativa da produção caiu 2,8% por causa da reavaliação no rendimento. Houve aumento de 27,2% na área plantada de café arábica no Estado, sendo incorporados 25,0 mil hectares. Contudo, a maior parte dessa área deve começar a produzir somente nos próximos anos. O Rio de Janeiro também informou retração de 6,7% na estimativa de café arábica, por causa da redução de 4,4% no rendimento e de 2,2% na área a ser colhida.

Para o café conilon (robusta), a estimativa de produção do IBGE é de 789,7 mil toneladas (13,16 milhões de sacas), aumento de 7,7% em relação a março. A área a ser colhida caiu 1,5%, contudo, o rendimento médio aumentou 9,3%.

Rondônia, segundo maior produtor, com 146,2 mil toneladas (2,4 milhões de sacas de 60 kg), reavaliou sua produção, estimando aumento de 67,6%, refletindo o rendimento médio (aumento de 79,9%), enquanto a área a ser colhida caiu 6,8%. A cafeicultura do Estado vem ganhando em produtividade nos últimos anos, em graças a maiores investimentos em tecnologia.

Na Bahia, a estimativa da produção caiu 3,0%, refletindo reduções de 2,2% na área a ser colhida e de 0,8% no rendimento médio.

 

    •  

 

              
Outras notícias
23/05/2018 - USDA estima crescimento na safra brasileira de café
23/05/2018 - Senar/MS lança nova vertente de ATeG para organização da ovinocultura em MS
23/05/2018 - Monsanto anuncia 1º investimento em startup brasileira
22/05/2018 - Brasil tem a maior biodiversidade do mundo
22/05/2018 - Ondas de frio intenso serão mais frequentes este ano e ameaçam o campo
21/05/2018 - Nota - Apoio à paralisação dos caminhoneiros
21/05/2018 - Em Dourados, encontro técnico apresenta cenário favorável para fruticultura em MS e no Brasil
21/05/2018 - Exportação da carne bovina sul-mato-grossense apresenta aumento superior a 5% em 2018
21/05/2018 - Semana começa com temperaturas baixas no Centro-Sul
18/05/2018 - Viés de baixa perde força no mercado do boi gordo
Mais Notícias
 

Endereço:
Rua Raul Pires Barbosa, 116
Campo Grande/MS

Telefones:
(67) 3341-1444

E-mail:
contato@mnp.org.br